Pular para o conteúdo principal
Publicado em 18, Aug 2021 por economia_obser…
Pessoa no ambiente industrial segurando uma prancheta
Publicações

Confiança do empresário catarinense se mantém elevada

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do mês de agosto registrou elevações tanto em Santa Catarina como no Brasil, atingindo pontuação de 65,6 e 63,2, respectivamente. Valores acima e mais distantes de 50 pontos indicam que há uma maior disseminação da confiança entre os empresários industriais. É o quarto aumento consecutivo no indicador, reforçando o quadro otimista, onde, desde abril, são acumuladas altas de 8,4 e 9,5 pontos em Santa Catarina e no Brasil, respectivamente. 

Índice de Confiança do Empresário Industrial

Esse aumento progressivo na confiança do empresário industrial está altamente correlacionado ao rápido avanço recente no ritmo da vacinação, que atingiu 57,5% da população catarinense e 54,8% da população brasileira com ao menos a 1ª dose aplicada.

Componentes do ICEI

O ICEI é composto por dois indicadores que procuram mensurar as expectativas nos próximos seis meses, bem como as condições atuais da economia no mês de referência em relação aos últimos seis meses.

Expectativas futuras se elevam

A expectativa do empresário industrial catarinense para os próximos seis meses registrou aumento expressivo de 1,6 pontos na passagem de julho para agosto, atingindo o valor de 67,9 pontos no índice, maior patamar desde o início da pandemia no Brasil.

Índice de expectativas para os próximos seis meses

Condições atuais continuam favoráveis

Em relação ao Índice de Condições Atuais, que representa a percepção sobre a situação atual da economia e das empresas, Santa Catarina foi em direção oposta ao visto no cenário nacional. Enquanto o Brasil obteve alta de 1,8 pontos em relação ao mês de julho, o estado registrou queda de 1,2 pontos no índice. Entretanto, Santa Catarina se mantém acima da média nacional, indicando que o empresário industrial catarinense está com uma percepção mais otimista da economia do que no restante do país.
 

Índice de Condições Atuais para os próximos seis meses

Para mais informações, acesse o boletim na íntegra abaixo: